Schulz considera 'escandalosa' permanência de Cameron até outubro

Berlim, 24 Jun 2016 (AFP) - O presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, considerou nesta sexta-feira "escandalosa" a permanência do primeiro-ministro britânico, David Cameron, no poder até outubro, após a derrota que sofreu com a aprovação do Brexit.

"Mais uma vez, todo um continente se vê refém das reflexões internas do Partido Conservador britânico", lamentou Schulz em declarações ao canal alemão ARD, considerando que outubro é muito tarde.

"Também podem convocar um congresso para amanhã se quiserem", acrescentou o dirigente social democrata.

Após a vitória do Brexit no referendo de quinta-feira, Cameron anunciou nesta sexta sua demissão, precisando que será efetivada antes do congresso do Partido Conservador, em outubro.

bur-dsa/lr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos