China suspende comunicação com Taiwan por tensão com novo governo

Pequim, 25 Jun 2016 (AFP) - A China suspendeu neste sábado as comunicações com Taiwan e justificou a decisão com o fato de a nova presidente da ilha nacionalista ter optado pela abstenção de proclamar sua adesão ao princípio de "uma apenas China".

As relações entre as duas margens do estreio de Taiwan ficaram tensas desde que a presidente Tsai Ing-wen fi eleita em janeiro por grande maioria. Ela assumiu o cargo em maio, encerrando oito anos de governos do partido Kuomintang (KMT), que manteve uma política de aproximação com o continente.

A China continental, governada pelo Partido Comunista, mantinha comunicações oficiais e habituais com Taiwan desde 2014, mas agora o "mecanismo de comunicação bilateral foi suspenso", afirmou An Fengshan, porta-voz do Escritório Chinês de Assuntos de Taiwan.

Taiwan, cujo nome oficial é República da China, vive separado de fato da autoridade de Pequim desde o fim da guerra civil em 1949, mas nunca declarou de maneira oficial a independência.

Pequim, reconhecido pela comunidade internacional (com exceção de alguns países), considera a ilha como parte de seu território, à espera da reunificação.

O governo chinês recebeu com muita desconfiança a vitória de Tsai, do Partido Democrático Progressista (PDP), com posições tradicionalmente independentistas, e advertiu contra qualquer tentativa de separação.

A China indicou que medida diz respeito ao fato da nova presidente não ter reconhecido o "consenso de 1992", um acordo tácito entre funcionários chineses e o KMT que afirma que existe apenas "uma China", mas que permite a cada parte sua própria interpretação.

O antecessor de Tsai, Ma Ying-jeou, reconheceu o consenso e supervisionou um degelo sem precedentes nas relações desde 2008, até que deixou o cargo em maio.

Tsai disse que deseja manter relações pacíficas com a China, mas não mencionou em nenhum momento o consenso nem o conceito de "uma só China".

at-lm/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos