Trump aperta vantagem contra Hillary em nova pesquisa

Washington, 29 Jun 2016 (AFP) - A batalha presidencial está muito concorrido, mas algo está claro: os americanos estão menos entusiasmados com os candidatos Hillary Clinton e Donald Trump, segundo uma pesquisa publicada nesta quarta-feira.

Os que responderam à última pesquisa nacional da Universidade de Quinnipiac (QU) colocaram Hillary em vantagem sobre Trump com 42% contra 40%, apertando a margem de 4 pontos de Clinton, em um estudo realizado pela QU no dia 1º de junho.

Também é consideravelmente mais rigorosa que os 12 pontos de vantagem de Hillary na pesquisa da ABC News/Washington Post publicada no domingo (26), destacando que a candidata democrata aproveitou os recentes erros de Trump.

O estudo de Qunnipiac foi realizado com base nas respostas de 1.610 eleitores registrados, ao mostrar que 61% deles acredita que a eleição do dia 8 de novembro "tem aumentado o nível de ódio e preconceito nos Estados Unidos".

Dois terços desse grupo de eleitores responsabiliza a campanha de Trump, enquanto somente 16% o atribui à equipe de Clinton.

"Os eleitores se encontram em meio a uma campanha agressiva de terra arrasada entre dois candidatos que rejeitam e acreditam que nenhum dos dois será um bom presidente", disse o diretor-assistente de pesquisas de Quinnipiac, Tim Malloy, em um comunicado.

Do pesquisados, 58% respondeu que a ex-secretária de Estado está mais bem preparada para ser presidente do que Trump. Somente 33% discorda dessa afirmação.

Para 52% dos eleitores, Trump estaria mais apto a criar empregos e enfrentar o grupo extremista Estado Islâmico. Já 40% dos pesquisados afirma o contrário.

A pesquisa tem uma margem de erro de 2,4 pontos percentuais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos