Premiê israelense interrompe transferências fiscais a palestinos após ataques

Jerusalém, 1 Jul 2016 (AFP) - O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu decidiu nesta sexta-feira que cortará as transferências fiscais que são enviadas mensalmente à Autoridade Palestina como parte de uma série de medidas adotadas depois dos ataques dos últimos dias.

"Netanyahu ordenou que sejam deduzidas da totalidade dos fundos transferidos à Autoridade Palestina as somas que esta última destina aos terroristas e a suas famílias", afirma o gabinete do premiê em um comunicado.

Essa ajuda mensal é recebida pelas famílias de palestinos assassinados, incluindo quem realizou ataques.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos