Macri se reúne em Paris com Hollande ao iniciar visita europeia

Paris, 2 Jul 2016 (AFP) - O presidente argentino, Mauricio Macri, se reuniu neste sábado, em Paris, com seu contraparte francês, François Hollande, na primeira etapa de uma visita oficial à Europa, durante a qual quer reforçar os vínculos comerciais entre seu país e a UE.

A viagem, que inclui ainda escalas em Bruxelas e Berlim, ocorre em um ambiente turbulento na Europa, nove dias depois do plebiscito a favor da saída do Reino Unido da União Europeia.

"A reunião foi muito boa. Falamos da oferta de intercâmbios com a União Europeia, sabemos que as ofertas têm sido escassas até agora, mas é um começo", disse o presidente argentino à imprensa após o encontro no Palácio do Eliseu.

"Esperamos que, para além do Brexit, que tem tido um impacto grande na União Europeia, continuemos avançando em melhorá-las (as ofertas) e que os intercâmbios se transformem definitivamente em uma via concreta de integração e de intercâmbio", acrescentou Macri.

Sobre este tema, a Presidência francesa assegurou, em um comunicado divulgado após o encontro, que "a saída do Reino Unido não terá consequências na aproximação entre a União Europeia, a América Latina e a Argentina, que deve ser cada vez mais estreita".

Macri, que estava "interessado em escutar a opinião de Hollande" sobre os últimos acontecimentos na Europa com a votação a favor do Brexit, disse que há "alternativas diferentes".

"Estamos todos pensando que agora se abre um novo debate no Reino Unido de se realmente era o que se queria ou não. Falta ainda correr mais água sob a ponte", afirmou.

"Nós acreditamos e apostamos na integração, em dinamizar o Mercosul, em convergir para a Aliança do Pacífico, em que avance o processo com a União Europeia porque acreditamos que o futuro passa pela criação de novas redes e não por erguer muros", enfatizou Macri.

Este encontro é o segundo entre Macri e Hollande este ano, após a visita do presidente francês à Argentina, em fevereiro.

Depois de Paris, o presidente argentino seguirá para Bruxelas, onde será recebido na segunda-feira pelo presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, e a chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini.

Após estes encontros, ele partirá rumo à Alemanha, onde terá um almoço de trabalho com a chanceler alemã, Angela Merkel.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos