Tropas de assalto matam seis sequestradores e libertam treze reféns

Dacca, 2 Jul 2016 (AFP) - Tropas de elite de Bangladesh libertaram neste sábado treze reféns e mataram seis sequestradores durante o assalto a um restaurante tomado por homens armados, supostamente ligados ao grupo Estado Islâmico.

"Abatemos seis terroristas. A área foi liberada", disse o comandante do Batalhão de Ação Rápida, Tuhin Mohammad Massud, que liderou o assalto ao restaurante, acrescentando que treze reféns - dez bengaleses e três estrangeiros - foram resgatados sãos e salvos.

O porta-voz do Exército, coronel Rashidul Hassan, confirmou à AFP que "a operação terminou e a situação está sob controle".

Segundo um oficial da polícia, cerca de dez homens haviam invadido o restaurante, às 21h20 local (12h20, horário de Brasília) de sexta-feira, aos gritos de "Allahu Akbar" ("Alá é grande").

O ataque ao restaurante foi reivindicado pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI), que informou "mais de 20 mortos, de diferentes nacionalidades", segundo um comunicado da agência de notícias Amaq, ligada à organização.

sa-abh/lr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos