Planos britânicos para depois da invasão do Iraque eram "totalmente inadequados"

Londres, 6 Jul 2016 (AFP) - Os planos britânicos para administrar a situação no Iraque após a invasão de 2003 eram "totalmente inadequados", afirmam as conclusões de uma investigação oficial britânica divulgadas nesta quarta-feira.

"Apesar das advertências explícitas, as consequências da invasão foram subestimadas. O planejamento e os preparativos para o Iraque pós-Saddam foram totalmente inadequados", afirmou em Londres o diplomata John Chilcott, que coordenou a investigação sobre o conflito iniciado em 2003.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos