FMI aprova linha de crédito de US$ 5,3 bilhões para o Iraque

Washington, 7 Jul 2016 (AFP) - O Fundo Monetário Internacional (FMI) aprovou nesta quinta-feira uma linha de crédito de 5,3 bilhões de dólares para o Iraque, afetado pela queda do preço do petróleo e pelos atentados do grupo radical Estado Islâmico.

As autoridades iraquianas se beneficiarão imediatamente de um primeiro empréstimo de 634 milhões de dólares e implementarão reformas econômicas para obter as outras parcelas do plano de ajuda de três anos, esclareceu o Fundo em comunicado.

"A economia iraquiana tem sido duramente golpeada pelos ataques do EI e pela queda brutal dos preços do petróleo", declarou Min Zhu, um dos diretores-adjuntos do FMI, citado em comunicado.

O movimento extremista controla uma parte do território iraquiano e reivindica numerosos ataques no resto do país, entre eles um recente atentado em Bagdá que no domingo deixou cerca de 300 mortos.

Em seu comunicado, o FMI se mostra particularmente preocupado pelos "importantes" atrasos de pagamentos acumulados pelo país, que tem dificuldades para enfrentar suas obrigações financeiras.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos