Ataques na província síria de Idleb matam 22 civis

Beirute, 8 Jul 2016 (AFP) - Pelo menos 22 civis, incluindo uma criança, foram mortos nesta sexta-feira em ataques contra uma localidade controlada pelos extremistas da Al-Qaeda na província de Idleb, no noroeste da Síria, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Na fronteira com a Turquia, a província de Idleb escapa desde março de 2015 ao controle das forças do regime de Bashar al-Assad e é alvo de ataques aéreos quase diários da aviação síria ou de seu aliado russo.

"Pelo menos 22 civis foram mortos e dezenas feridos em ataques aéreos sobre Darkouche, uma localidade de Idleb" controlada em grande parte pela Frente Al-Nusra, a facção síria da Al-Qaeda, e seus aliados, indicou à AFP o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman.

Ele não foi capaz de indicar se os ataques aéreos foram realizados pela aviação síria ou pela russa.

Alguns feridos foram transferidos para a Turquia, enquanto outros foram levados a hospitais locais, segundo militantes da cidade.

A província de Idleb é controlada pelo "Exército da Conquista", uma coalizão formada principalmente pela Frente Al-Nusra e outros grupos rebeldes islâmicos.

O conflito na Síria, desencadeado em 2011 pela repressão de manifestações populares pedindo reformas, tornou-se mais complexo ao longo dos anos com uma multiplicidade de atores sírios e estrangeiros, e fomentou o surgimento de grupos extremistas como Al-Nusra e o grupo Estado islâmico (EI).

bur-ram/tp/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos