Disparos na capital do Sudão do Sul perto do Palácio Presidencial

Juba, 8 Jul 2016 (AFP) - Várias rajadas de armas automáticas foram ouvidas nesta sexta-feira à tarde em Juba, a capital do Sudão do Sul, perto do palácio presidencial onde estavam reunidos o presidente e o vice-presidente sul-sudaneses, segundo um correspondente da AFP.

Os primeiros disparos foram ouvidos às 18h00 locais (12h00 de Brasília) nos arredores do palácio, onde o presidente Salva Kiir e o vice-presidente Riek Machar estavam reunidos para dar uma coletiva de imprensa, segundo a mesma fonte.

Os tiros prosseguiram durante meia hora e depois pararam, mas disparos esporádicos ainda eram ouvidos à distância.

"O que acontece fora (do palácio presidencial) é algo que não podemos explicar", declarou o presidente à imprensa, segundo meios de comunicação locais.

Cinco soldados do exército leal a Kiir morreram na quinta-feira à noite em um confronto em Juba com tropas da ex-rebelião entrincheiradas na cidade.

Na quinta-feira "às 19h55 (13h55 de Brasília), um veículo que transportava guarda-costas do primeiro vice-presidente (Machar) abriu fogo contra as forças de segurança que se preparavam para realizar controles rotineiros nos veículos", acusou nesta sexta-feira em um comunicado o porta-voz do exército governamental, a SPLA.

"Estes disparos hostis provocaram a morte de cinco soldados da SPLA e deixaram dois feridos", acrescentou o general Lul Ruai Koang, ressaltando que o comando de alto escalão da SPLA o considerava "um incidente isolado".

O ocorrido, no entanto, reavivou os temores sobre o fracasso do frágil processo de paz em andamento no país, que no sábado celebrará o quinto aniversário de sua independência.

O país tenta sair de uma guerra civil de mais de dois anos que deixou dezenas de milhares de mortos e que começou com uma luta de poder entre o chefe de governo e seu vice.

str-cyb/fal/aoc/eg/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos