Exército iraquiano recupera das mãos do EI base aérea em Mossul

Bagdá, 9 Jul 2016 (AFP) - As forças iraquianas retomaram uma importante base aérea do grupo Estado Islâmico (EI), um avanço estratégico rumo à reconquista de Mossul, principal bastião extremista no país - anunciou o primeiro-ministro Haider al-Abadi neste sábado (9).

Situada a cerca de 60 km ao sul de Mossul, no norte do Iraque, a base aérea de Qayarah foi retomada "com o apoio aéreo da coalizão internacional", anunciou o Centro de Comando de Operações Conjuntas.

Segundo fontes de segurança, os extremistas fugiram dos combates e seguiram para Mossul durante a operação.

O premiê felicitou as forças antiterroristas por essa "vitória" e disse aos moradores da província de Nínive, da qual Mossul é capital, que se preparem para a "libertação".

"Nossas tropas perseguiram o Daesh [acrônimo do EI em árabe] sem fazer propaganda e, nos últimos dias (...), avançamos 100 km", disse Al-Abadi, em um comunicado.

As forças iraquianas lançaram em março passado uma ofensiva para retomar Mossul, a qual ganhou um novo impulso em junho com a recuperação Fallujah. Essa cidade também estava nas mãos do EI.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos