Parlamento britânico votará em 18 de julho a renovação do arsenal nuclear

Varsóvia, 9 Jul 2016 (AFP) - O primeiro-ministro britânico, David Cameron, submeterá ao voto da Câmara dos Comuns a renovação do arsenal nuclear britânico, que inclui a substituição de quatro submarinos nucleares da categoria "Trident".

"Acontecerá uma votação no Parlamento em 18 de julho para confirmar o apoio parlamentar à renovação de toda a frota de quatro submarinos", afirmou David Cameron à margem da reunião de cúpula da Otan em Varsóvia.

"A dissuasão nuclear continua sendo essencial, do meu ponto de vista, não apenas para a segurança da Grã-Bretanha, mas também para a de nossos aliados (...) a segurança da Otan", disse.

Há muitos anos o Reino Unido debate a renovação de sua frota de dissuasão nuclear.

O governo de Cameron havia se comprometido, antes de sua renúncia provocada pelo resultado do referendo do Brexit, a renovar o sistema de dissuasão nuclear que a Grã-Bretanha possui desde a década de 1960. O custo do projeto chega a 20 bilhões de libras (25 bilhões de dólares).

O líder trabalhista, Jeremy Corbyn, é contrário ao projeto, mas uma parte cada vez mais importante do partido respalda a renovação da frota.

Cameron justificou que o Parlamento se pronuncie agora, e não quando seu sucessor chegar a Downing Street, ao alegar que o tema já estava no programa de campanha do Partido Conservador.

"Faz sentido ter esta votação agora, assim pode avançar e obter o financiamento que necessita", disse.

dk-pa/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos