Sete mortos em ataque do Boko Haram no nordeste da Nigéria

Lagos, 9 Jul 2016 (AFP) - Sete pessoas morreram em um ataque do grupo extremista Boko Haram em uma cidade do nordeste da Nigéria, perto da fronteira com Camarões, provocando a fuga de muitos moradores - informaram habitantes à AFP neste sábado.

Combatentes do Boko Haram entraram de motocicleta na cidade de Rann, no estado de Borno (nordeste), na sexta-feira por volta da meia-noite (20h em Brasília), e atiraram contra casas, disseram os habitantes em fuga.

"Eles abriram fogo contra as nossas casas enquanto dormíamos, e mataram sete pessoas, antes de saquear as reservas de alimentos e medicamentos do único hospital na cidade", lamentou o morador Abba Abiso, em entrevista por telefone à AFP.

De acordo com essa testemunha, os rebeldes islâmicos ficaram cerca de duas horas em Rann, localizada no distrito de Kalabalge.

Muitos moradores deixaram a cidade de Rann e se refugiaram no vizinho Camarões, ou na cidade de Gamboru, localizada a 28 km de distância.

O Exército confirmou o ataque em um comunicado divulgado neste sábado, informando também a morte de dois militares e de 16 extremistas.

Em junho, oito pessoas morreram e reservas de alimentos foram saqueadas durante ataques do Boko Haram a dois povoados próximos a Rann.

O Boko Haram surgiu em 2009 no nordeste da Nigéria. Já matou mais de 20.000 pessoas e forçou mais de 2,6 milhões a abandonarem suas casas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos