Nova manifestação em NY contra a violência policial

Nova York, 10 Jul 2016 (AFP) - Centenas de pessoas voltaram a se reunir em Nova York no sábado, pela terceira noite consecutiva, para repudiar a violência policial contra os negros.

"Quem será o próximo?", "Cuidado, racismo", "Não atirem", "Basta", "Sem justiça, sem paz", afirmavam alguns cartazes exibidos pelos manifestantes.

Outros recordavam Philando Castile, morto na quarta-feira em Minessota, e Alton Sterling, que faleceu um dia antes na Louisiana. Os dois foram mortos em ações policiais.

Outro nome adicionado à lista foi o de Derlawn Small, 37 anos, morto no início da semana por um policial que não estava em serviço e com o qual ele teve uma discussão por um incidente de trânsito. O policial era negro, segundo o jornal The New York Post.

Um sobrinho da vítima compareceu à manifestação em Nova York e pediu às pessoas que caminhassem em silêncio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos