Trânsito de mercadorias por Erez é autorizado pela 1ª vez em nove anos

Jerusalém, 13 Jul 2016 (AFP) - A importante passagem de Erez entre a Faixa de Gaza e Israel foi reaberta ao trânsito de mercadorias, nesta quarta-feira (13), pela primeira vez nos últimos nove anos - anunciou o governo israelense.

"O ponto de passagem de Erez estará novamente aberto às mercadorias que entram em Gaza", disse antes da abertura um porta-voz do Cogat, o órgão do Ministério da Defesa responsável pelas políticas do governo nos Territórios Palestinos.

"Essa medida foi tomada para facilitar o trabalho para os importadores palestinos e, portanto, para ajudar a economia da Faixa de Gaza", disse o porta-voz à AFP.

Desde 2007, essa passagem se restringe apenas ao trânsito de pessoas. Mercadorias e outros bens tinham de circular por Kerem Shalom, no sul da Faixa de Gaza.

Situado no norte de Gaza, Erez fica mais perto das principais cidades israelenses, comparativamente a Kerem Shalom. Além disso, facilitará a chegada dos produtos provenientes de cidades portuárias, entre elas Ashdod.

Há uma década, Israel impôs um bloqueio à Faixa de Gaza como uma maneira de evitar que o movimento islamita Hamas, que governa esse território, reconstruísse suas forças e posições militares.

Segundo o Banco Mundial e a ONU, esse bloqueio anulou quase todas as exportações de Gaza e dizimou a economia do pequeno enclave.

Pelo menos 1,9 milhão de palestinos vivem na Faixa de Gaza, limitada por Egito, Israel e mar Mediterrâneo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos