"Abandonar a UE não significa abandonar a Europa", diz novo chanceler britânico

Em Londres

  • Andrew Matthews/ Reuters

    O ministro das Relações Exteriores Boris Johnson discursa em Londres

    O ministro das Relações Exteriores Boris Johnson discursa em Londres

O novo ministro britânico das Relações Exteriores Boris Johnson disse nesta quinta-feira (14) que a saída de seu país da União Europeia não significa abandonar Europa.

"Há uma grande diferença entre o fato de que vamos abandonar a UE e a nossa relação com a Europa, que em qualquer caso se verá reforçada", disse Johnson em sua primeira declaração desde que foi nomeado.

"Na Europa, vamos implementar a vontade do povo no referendo, mas isso não significa em nada abandonar Europa", afirmou o ex-prefeito de Londres, um dos mais proeminentes partidários de sair da UE.

Uma das primeiras nomeações anunciadas na quarta-feira (13) por Theresa May depois de assumir como primeira-ministra foi o de Johnson. A escolha foi inesperada depois que ele se retirou há duas semanas da corrida para suceder David Cameron.

Johnson contou que em seu primeiro dia esteve "muito, muito ocupado" e que um dos primeiros telefonemas que recebeu para parabenizá-lo por seu novo cargo foi o do secretário de Estado americano, John Kerry.

"Sua postura é que depois do Brexit e das negociações, o que queremos que haja, e que acredito que seja bom para o Reino Unido, é um perfil mais notório em nível global. E acho que agora temos a oportunidade de conseguir isso", disse Johnson.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos