Cinco mortos e 17 presos em operação policial em bairro de Caracas

Caracas, 15 Jul 2016 (AFP) - Cinco pessoas morreram e 17 foram presas após uma operação policial na quinta-feira no populoso bairro de Petare, a oeste de Caracas, informou nesta sexta-feira o ministro do Interior e Justiça, Gustavo González López.

"Sujeitos levantaram armas" contra funcionários da Polícia Nacional Bolivariana (PNB) "e foi dado baixa de cinco perigosos delinquentes", escreveu González López no Twitter.

O funcionário informou que 17 pessoas foram presas devido a "sequestros, homicídio, extorsão e tráfico de drogas", entre outros delitos.

Além disso, as autoridades apreenderam armas, granadas e mais de 2,2 toneladas de drogas, cujo tipo não foi precisado.

A ação esteve marcada nas chamadas Operações de Libertação do Povo (OLP), incursões especiais contra o crime colocado em prática desde julho do ano passado.

As OLP, segundo informe da Promotoria, deixaram 245 mortos no segundo semestre de 2015. A ONG Provea assegura que essas operações provocaram "um aumento" de violações dos direitos humanos, como execuções policiais, prisões arbitrárias e invasões ilegais.

Por ordem do presidente Nicolás Maduro, as OLP foram lançadas para combater a onda de violência que sacode um país em que a taxa de homicídios chegou em 2015 a 58,1% para cada 100.000 habitantes, enquanto a média mundial é de 8,9% para cada 100.000.

Segundo o Ministério do Interior e Justiça, no primeiro ano de aplicação das OLP, 157 grupos criminais foram desarticulados. Houve 2.399 detidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos