Presidente do Peru anuncia gabinete ministerial com perfil técnico

Lima, 16 Jul 2016 (AFP) - O presidente eleito do Peru, Pedro Pablo Kuczynski, revelou nesta sexta-feira (15) os nomes dos 19 integrantes de seu gabinete ministerial, no qual predominam tecnocratas sobre os políticos de carreira e que terá uma árdua tarefa de negociação diante de uma poderosa oposição fujimorista.

"Estamos virando a página no Peru. O que queremos é uma política moderna, e isso se baseia em gente preparada, como eu acho que é essa lista que apresentamos", disse Kuczynski, em coletiva de imprensa ao lado do recém-nomeado presidente do Conselho de Ministros, Fernando Zavala, de 45 anos.

Entre os 19 ministros há apenas um integrante do Peruanos Por el Kambio (PPK), partido de Kuczynski: o vice-presidente Martín Vizcarra, em Transportes e Comunicações.

Cinco mulheres farão parte do primeiro gabinete, que toma posse em 28 de julho, dia de festa nacional no Peru. Nessa data, Kuczynski assume a Presidência, após prestar juramento no Congresso Nacional.

O novo governo terá a missão de reativar a economia e combater a insegurança. Para suas reformas, precisará do apoio-chave da Força Popular, partido de Keiko Fujimori, que conquistou 73 das 130 cadeiras do Congresso.

Confira abaixo a lista de ministros:

- Presidente do Conselho de Ministros: Fernando Zavala, ex-ministro da Economia, ex-presidente da cervejeira Backus y Johnston, do grupo SABMiller.

- Economia: Alfredo Thorne, ex-economista sênior do Banco Mundial e do JP Morgan.

- Relações Exteriores: Ricardo Luna, diplomata de carreira, ex-embaixador na ONU, EUA e Reino Unido.

- Defesa: Mariano Gonzales, advogado. Ex-chefe de gabinete de assessores nesse ministério.

- Interior: Carlos Basombrío, sociólogo, ex-vice-ministro do mesmo setor.

- Justiça: Marisol Pérez Tello, advogada. Congressista em fim de mandato.

- Educação: Jaime Saavedra, atual ministro de Educação do governo em fim de mandato.

- Saúde: Patricia García, médica, decana da Faculdade de Saúde Pública da Universidade Cayetana Heredia.

- Agricultura: José Manuel Hernández, engenheiro agrônomo.

- Trabalho: Alfonso Grados, graduado em administração de empresas e ex-dirigente esportivo.

- Comércio Exterior e Turismo: Eduardo Ferreyros, ex-ministro de Comércio Exterior.

- Energia e Minas: Gonzalo Tamayo, economista, ex-gerente-geral da consultoria Macroconsult com experiência em infraestrutura, energia e hidrocarbonetos.

- Transportes e Comunicações: Martín Vizcarra, primeiro-vice-presidente eleito, ex-governo regional de Moquegua.

- Produção: Bruno Giuffra, economista, promotor de pequenos empreendimentos.

- Habitação: Elmer Trujillo, engenheiro, especialista em empresas prestadoras de saneamento e recursos hídricos.

- Mulher: Ana María Romero, ex-ministra da mesma pasta durante o governo de Alejandro Toledo.

- Meio Ambiente: Elsa Galarza, economista, ex-vice-ministra de Pesca do segundo governo de Alan García.

- Desenvolvimento e Inclusão Social: Cayetana Aljovín, ex-vice-ministra das Comunicações.

- Cultura: Jorge Nieto, ex-diretor da Unidade para a Cultura Democrática e Governabilidade da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

ljc-mav/ll/mvv/tt

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos