Autoridades turcas cercam base aérea de Incirlik e cortam eletricidade

Istambul, 16 Jul 2016 (AFP) - A base aérea turca de Incirlik está sem eletricidade e seus acessos de entrada e saída foram bloqueados, informou neste sábado o consulado americano em Adana (sul), a respeito desta base usada pela coalizão internacional para realizar operações contra os extremistas na Síria.

"As autoridades locais proibiram a circulação de e para a base aérea de Incirlik", anunciou o consulado em seu site.

O primeiro-ministro turco anunciou neste sábado à tarde o fracasso de uma tentativa de golpe militar que fez ao menos 265 mortos.

O presidente Recep Tayyip Erdogan pediu a seus partidários para que permaneçam nas ruas para qualquer "nova onda" após uma noite de caos no país.

O fechamento da base parece ter a intenção de impedir qualquer utilização pelos militares rebeldes.

A base aérea de Incirlik é também utilizada pela Otan além das missões da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos contra o grupo Estado Islâmico (EI) na Síria. Caças turcos, americanos, britânicos e alemães estão estacionados ali, bem como caças F-16 sauditas.

Neste contexto, o comando militar americano na Europa ordenou as forças americanas na Turquia a adotarem medidas máximas de proteção.

Os Estados Unidos contam com 2.200 militares e funcionários civis da Defesa na Turquia, país membro da Otan.

Além disso, o presidente Brack Obama convocou seus conselheiros para discutir a situação turca.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos