Assessor de Erdogan é detido após tentativa de golpe de Estado

Istambul, 17 Jul 2016 (AFP) - O assessor do presidente turco Recep Tayyip Erdogan foi preso neste domingo como parte das investigações sobre a tentativa de golpe de Estado na Turquia, anunciou a agência de notícias Anadolu.

Trata-se do coronel Ali Yazici, que era o assessor militar de Erdogan desde 12 de agosto de 2015 e que é alvo de um processo judicial, indicou a agência.

De acordo com o canal de notícias CNN-Turk, Yazici estava em Ancara quando o golpe ocorreu, enquanto Erdogan estava de férias em Marmaris, no sudoeste do país.

As autoridades turcas seguiam prendendo neste domingo militares, juízes e procuradores acusados de ter apoiado o golpe de Estado. De acordo com o ministro da Justiça, há pelo menos 6.000 detidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos