Morre o desenhista e artista plástico argentino Carlos Nine

Buenos Aires, 17 Jul 2016 (AFP) - O desenhista, artista plástico, criador de quadrinhos, diretor do cinema de animação, pintor e escultor Carlos Nine morreu em Buenos Aires aos 72 anos, noticiou a imprensa local neste domingo.

Nascido em 1944, em Buenos Aires, Nine também escreveu e ilustrou seus próprios livros, como "Fantagas", "Gesta Dei" e "¡Oh merde, le lapins!".

Reconhecido mundialmente, os trabalhos de Nine foram publicados em jornais como o argentino Clarín, o francês Le Monde e o americano The New York Times.

O artista, falecido no sábado, também publicou ilustrações nas revistas argentinas como Fierro (histórias em quadrinhos) e na lendária Humor, entre 1983 e 1990.

Em uma demonstração do reconhecimento do mundo artístico, o escritor e quadrinista Juan Sasturain referiu-se a Nine em uma nota publicada em 2014 como um desenhista "que não tem igual".

"Após recorrer os avatares luminosos do humor gráfico argentino, encontrar (a obra de) Nine é como chegar a um mirante privilegiado, no topo, a culminação do fogo e perspectiva até as margens. Tudo o que houve não pode ter ido parar em lugar melhor. Porque Nine é o que não existe", escreveu Sasturain.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos