Ao menos 56 civis mortos em ataques na Síria da coalizão liderada pelos EUA

Beirute, 19 Jul 2016 (AFP) - Ao menos 56 civis, incluindo 11 crianças, morreram nesta terça-feira em bombardeios na região norte da Síria executados pela coalizão antijihadista liderada pelos Estados Unidos, informou a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Dezenas de civis ficaram feridos, muitos dos quais estão em estado grave, disse a ONG.

"Os moradores estavam fugindo da localidade de Al-Tujar, na província de Aleppo, quando aconteceram os bombardeios", disse à AFP Rami Abdel Rahman, diretor do OSDH.

Al-Tujar está sob controle do grupo extremista Estado Islâmico (EI).

"Aparentemente trata-se de um erro", disse Rahman. Os aviões da coalizão estavam atacando os terroristas em Al-Tujar e seus arredores, disse.

Al-Tujar está 14 km ao norte de Manbij, um reduto do Estado Islâmico (EI) cercado pelas forças curdas da Síria.

Um porta-voz da coalizão interrogado pela AFP disse que iria verificar esta informação.

Na segunda-feira 21 civis morreram em ataques da coalizão contra Manbij e Al-Tujar.

No dia 31 de maio, as Forças Democráticas Sírias (FDS), dominadas pelos curdos, lançaram uma grande ofensiva contra Manbij, com apoio aéreo da coalizão.

Em Manbij, completamente sitiada pelas FDS, ainda se encontram dezenas de milhares de civis.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos