Campeão sul-africano de rali morre ao escalar Kilimanjaro

Joanesburgo, 18 Jul 2016 (AFP) - O campeão sul-africano de rali Gugu Zulu morreu nesta segunda-feira enquanto escalava o monte Kilimanjaro, na Tanzânia, em uma ação beneficente para arrecadar fundos para a Fundação Nelson Mandela.

"Anunciamos com pesar que um dos nossos escaladores do Trek4Mandela, Gugu Zulu, perdeu a vida na subida do Kilimanjaro esta manhã", escreveu a organização beneficente sul-africana em um comunicado.

O diretor da Fundação, Sello Hatang, que havia recrutado o piloto, se declarou "devastado".

Gugu Zulu, de 38 anos, começou a subir o monte de 5.895 metros acompanhado da sua esposa e de outra equipe de escaladores, quando começou a ter problemas respiratórios, explicou a Fundação criada em 1999 pelo ex-presidente sul-africano.

A ação esportiva, organizada em 18 de julho, dia do nascimento de Nelson Mandela, tinha como meta arrecadar fundos para ajudar 350.000 adolescentes que não podem ir à escola.

O atual presidente sul-africano, Jacob Zuma, rendeu homenagem ao piloto: "Estamos profundamente tristes por este acidente trágico e doloroso".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos