Chile exigirá visto de autoridades bolivianas por escalada de tensão

Santiago, 19 Jul 2016 (AFP) - O Chile exigirá visto das autoridades bolivianas que quiserem entrar no país, mas sem afetar o livre trânsito do restante da população - anunciou o ministro chileno das Relações Exteriores, Heraldo Muñoz, nesta terça (19), em resposta à polêmica visita do chanceler David Choquehuanca a portos nacionais.

Terão início os trâmites para revogar o convênio de vistos diplomáticos, o que significa que, "daqui em diante, todos os funcionários diplomáticos e funcionários de governos em geral (da Bolívia) precisarão de um visto estampado em seu passaporte para poder entrar no nosso país", disse Muñoz à imprensa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos