Justiça francesa confirma 'caráter premeditado' de atentado de Nice

Paris, 18 Jul 2016 (AFP) - A investigação sobre o ataque na quinta-feira em Nice (84 mortos) mostrou que o assassino tunisiano, Mohamed Lahouaiej Bouhlel, realizou "averiguações" e, nas horas antes do ataque, quatro selfies na Promenade des Anglais, informou nesta segunda-feira o procurador François Molins, encarregado da investigação.

Várias fotos tiradas a partir de seu telefone celular mostram o homem no dia 14 de julho no período da tarde na avenida à beira mar, "em frente à praia", em frente "a um caminhão", "na Promenade des Anglais" e "em frente a uma passarela de pedestres", informou em um comunicado de imprensa.

"Mesmo que nenhum elemento da investigação demonstre neste ponto a lealdade de Mohamed Lahouaiej Bouhlel à organização terrorista EI ou ligações com indivíduos que afirmam esta organização, a pesquisa em seu computador ilustra um recente interesse pelo movimento jihadista radical", afirmou.

bur-prh/cf/pjl /mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos