México: preservativos e repelente contra zika para atletas olímpicos

México, 18 Jul 2016 (AFP) - Os atletas mexicanos que irão aos Jogos Olímpicos do Rio receberam das autoridades sanitárias nesta segunda-feira repelentes para mosquitos, gel antibacteriano e preservativos, a fim de evitar a infecção pelo zika vírus.

O secretário de Saúde, José Narro, que entregou os pacotes sanitários junto com autoridades do Comitê Olímpico Mexicano, afirmou que além dos chamados "kit anti-zika", viajarão dois epidemiólogos com a delegação olímpica de 124 atletas, treinadores e médicos do esporte.

Pablo Kuri, subsecretário de prevenção e promoção da saúde, informou que os atletas do futebol, que jogarão na região norte do Brasil, já foram vacinados contra a febre amarela.

Kuri, que é epidemiólogo, alertou aos jovens atletas que o mosquito é noturno e costuma picar o pescoço, tornozelos, braços e pernas, e os aconselhou a aplicarem o repelente duas vezes ao dia, especialmente nessas partes do corpo.

No México já foram registrados 927 casos de zika, segundo a Secretaria de Saúde, enquanto que no Brasil, o país mais afetado pelo vírus, mais de 1,5 milhões de pessoas já foram infectadas.

Autoridades sanitárias dos Estados Unidos afirmaram que os Jogos Olímpicos do Rio 2016 representam um risco menor para o contágio do zika, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti. O vírus apareceu na América Latina em 2015 e se propagou rapidamente pela região.

As mulheres grávidas são as mais vulneráveis ante a doença, visto que o vírus pode provocar anomalias cerebrais irreversíveis no feto, como a microcefalia, que se caracteriza por um tamanho abaixo da média da cabeça de recém-nascidos e prejudica o desenvolvimento.

O temor ao contágio do zika, além dos problemas políticos que atingem o Brasil e a preocupação com a segurança, desanimaram os mexicanos a comparecer aos Jogos, segundo a agência Cartan, a única autorizada a vender pacotes e ingressos para o evento no país.

Autoridades esportivas esperavam que fossem vendidos cerca de 35.000 bilhetes no México, mas no início de julho esse número era de apenas 2.000, disse à AFP um executivo da agência que pediu para não ser identificado por não estar autorizado a dar declarações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos