Polícia da Indonésia mata o jihadista mais procurado do país

Jacarta, 19 Jul 2016 (AFP) - A polícia da Indonésia anunciou que matou Santoso, o jihadista mais procurado do país, durante um confronto na área montanhosa de Célebes.

"É realmente Santoso", disse à AFP Rudy Sufahriadi, chefe de polícia do centro de Célebes.

Santoso morreu durante um combate com as forças de segurança na segunda-feira e a polícia científica confirmou a identidade nesta terça-feira.

Santoso, fervoroso partidário do grupo Estado Islâmico (EI), era procurado há vários anos pela polícia, que o acusava de vários ataques.

dsa-olr-sr/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos