Sete soldados ucranianos mortos no leste separatista em 24 horas

Kiev, 19 Jul 2016 (AFP) - Sete soldados ucranianos morreram nas últimas 24 horas no leste da Ucrânia em combates entre rebeldes pró-Rússia e forças governamentais, anunciou o exército.

"Nas últimas 24 horas, sete soldados ucranianos morreram em confrontos e 14 ficaram feridos", afirmou o porta-voz do exército ucraniano, Andrii Lyssenko.

Este é o balanço mais grave para apenas um dia desde o fim de maio.

A situação é particularmente tensa na região de Lugansk, um dos dois redutos rebeldes pró-Rússia, e nas localidades de Propasna, Krymske e Stanitsa Louganska.

"Cada confronto dura quase meia hora, mas pode chegar a até duas horas, como por exemplo na segunda-feira em Stanitsa Luganska", disse Kyssenko.

Os combates prosseguem nas proximidades de Golivka, na região de Donetsk.

Há mais de dois anos, desde abril de 2014, o conflito entre o exército ucraniano e as milícias separatistas provocou a morte de mais de 9.400 pessoas.

O governo ucraniano e os ocidentais acusam a Rússia de apoiar os separatistas, o que o governo russo nega com veemência.

os-pop/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos