Londres não deixará a UE antes do fim de 2016 e Berlim aceita esperar

Berlim, 20 Jul 2016 (AFP) - A primeira-ministra britânica Theresa May reiterou nesta sexta-feira, em Berlim, que o Reino Unido não pedirá para deixar a União Europeia ante do fim de 2016, com o objetivo de preparar "uma saída ordenada e prudente".

"Não invocaremos o Artigo 50 [do Tratado de Lisboa] até que nossos objetivos estejam claros, o que, como já disse, não acontecerá antes do fim deste ano", afirmou May em referência ao mecanismo para abandonar o bloco europeu.

A chefe do Governo alemão, Angela Merkel, por sua vez, disse estar disposta a esperar até que o Reino Unido tenha uma posição bem definida a respeito de sua saída.

"É no interesse de todos que o Reino Unido peça esta saída quando tiver uma posição de negociação bem definida", afirmou Merkel em coletiva conjunta com Theresa May.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos