Ministério turco do Interior descarta fuga de navios da guarda costeira

Istambul, 20 Jul 2016 (AFP) - O ministério do Interior da Turquia, citado pela agência Anatólia, informou nesta quarta-feira que nenhum navio da guarda costeira foi utilizado para fuga de militares golpistas, após informações de que aviões turcos buscavam dois barcos que seguiam em direção à Grécia.

"Há militares foragidos, mas não falta qualquer helicóptero, avião ou barco", disse à AFP um funcionário do ministério.

Segundo a agência Dogan, a aviação militar turca tentou nesta quarta-feira parar dois navios da guarda costeira que se dirigiam para águas territoriais gregas, cinco dias depois do fracassado golpe militar.

Os aviões lançaram "uma operação contra dois navios da guarda costeira turca tentando atravessar águas territoriais gregas", informou a agência.

Em Atenas, um porta-voz do vice-ministro grego da Defesa disse à AFP que "nenhum navio turco entrou nas águas territoriais gregas".

"Um navio da marinha grega está na zona da ilha de Symi (no Egeu), mas nada indica a chegada de militares turcos" ao local, disse outro funcionário do governo grego.

fo-gkg/mr/lr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos