Polícia prende 18 manifestantes em torno da convenção republicana

Cleveland, Estados Unidos, 21 Jul 2016 (AFP) - A polícia deteve 18 manifestantes nesta quarta-feira em Cleveland, durante o terceiro dia da convenção republicana na cidade, informou o comissário Calvin Williams.

No incidente mais grave, na área da Quicken Loans Arena, onde ocorre a convenção, um manifestante tentou incendiar uma bandeira dos EUA e ateou fogo na própria calça. Um policial se aproximou para apagar as chamas mas foi empurrado pelo homem.

Após a intervenção dos bombeiros, alguns manifestantes se recusaram a abandonar o local e tentaram atear fogo a outra bandeira, enfrentando a polícia, que efetuou várias prisões.

O jornalista da AFP no local observou vários manifestantes ajoelhados por ordem dos policiais.

"Há pessoas que não querem simplesmente protestar", alguns têm "apenas o propósito de causar desordem e caos", disse Williams, chefe da polícia local.

Apesar da expectativa de que milhares de manifestantes contrários ao candidato Donald Trump ocupassem Cleveland durante a convenção republicana, os protestos em massa não têm acontecido.

As ruas de Cleveland estão vigiadas por milhares de policiais, que acompanham de perto cada protesto realizado na cidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos