Pelo menos dez migrantes mortos no Mediterrâneo

Roma, 21 Jul 2016 (AFP) - Mais de mil migrantes foram resgatados nesta quinta-feira no Mediterrâneo, mas outras 17 pessoas morreram em alto-mar, informou a guarda costeira italiana.

Cerca de 1.130 pessoas foram retiradas de cinco botes de borracha e três embarcações no Estreito da Sicília, indicou a guarda-costeira, sem especificar onde foram encontrados os corpos.

Na quarta-feira, equipes de resgate haviam encontrado 22 corpos em outra embarcação. No mesmo dia, mais de 3.200 pessoas foram resgatadas em 25 diferentes operações.

As últimas chegadas elevam a 80.000 os migrantes que chegaram à Itália este ano, segundo cifras do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (Acnur).

Desde 2014, mais de dez mil pessoas perderam a vida no Mediterrâneo tentando chegar à Europa, 2.800 desde o começo deste ano, indicou a Acnur no começo de junho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos