Arábia Saudita executou mais 100 pessoas desde o início do ano

Riade, 22 Jul 2016 (AFP) - As autoridades sauditas executaram nesta sexta-feira um homem acusado de homicídio, totalizando 101 pessoas submetidas à execução dede o início do ano no país.

Recentemente a ONG Anistia Internacional advertiu sobre o aumento das execuções no país, que segue estritamente a rígida lei muçulmana.

Em 2 de janeiro, 47 pessoas foram executadas em apenas um dia por "terrorismo", particularmente o opositor xiita saudita Nimr al Nimr, o que provocou uma crise diplomática com o Irã.

Em 2015, 153 pessoas foram executadas na Arábia Saudita.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos