Avião da força aérea indiana desaparece com 29 pessoas a bordo

Nova Délhi, 22 Jul 2016 (AFP) - A Índia colocou em andamento uma grande operação de busca nesta sexta-feira para tentar encontrar um avião da força aérea que se dirigia às ilhas indianas de Andaman e Nicobar e que desapareceu com 29 pessoas a bordo.

Cinco aviões de vigilância, assim como treze navios da marinha e barcos da guarda-costeira, começaram as buscas para encontrar o avião de transporte militar de construção russa AN-32, desaparecido aparentemente acima do golfo de Bengala.

A aeronave sumiu pouco depois de decolar de Chennai, antiga Madras, metrópole do sul do país.

"Operação de busca e salvamento de grande amplitude lançada para encontrar o AN-32 que deveria pousar em Port Blair (capital das ilhas) às 11h30. Mobilização máxima realizada o mais rápido possível", indicou o ministério da Defesa no Twitter.

O último contato com o avião, que transportava em sua maioria militares, além de seis membros da tripulação, foi feito 15 minutos antes da decolagem.

Estas aeronaves podem voar durante quatro horas sem precisar reabastecer.

Uma fonte da Indian Air Force (IAF) disse à AFP que os dados do radar mostravam que o avião desaparecido havia feito uma guinada brusca para a esquerda antes de perder altitude rapidamente.

"Cruzamos os dedos. Esperamos e rezamos para que isso termine bem", disse, pedindo o anonimato.

Buscar um avião assim no oceano é complexo e averiguar qual foi a última posição conhecida da aeronave é crucial, indicou um antigo comandante, Anil Chopra, no Twitter.

"Infelizmente, a cobertura de radar da costa leste da Índia não se estende por toda a zona. À medida que o tempo passa, a incerteza e os riscos aumentam", escreveu.

"Encontrar um avião no oceano é tão complexo quanto encontrar uma bola de tênis de mesa na geleira de Siachen", acrescentou, referindo-se a uma geleira situada a grande altitude no Himalaia.

A força aérea indiana conserva um enorme equipamento militar russo, incluindo uma centena de AN-32, e registrou muitos acidentes e falhas técnicas.

Um dos piores acidentes de um AN-32 ocorreu em 1999 quando um caminhão caiu perto do aeroporto de Nova Délhi, acabando com a vida de 20 pessoas a bordo e de três civis que estavam em terra.

Em 2013, os 20 passageiros de um helicóptero militar perderam a vida no acidente da aeronave no norte da Índia.

A força aérea indiana renova progressivamente sua frota, uma parte da qual data dos ano 1960.

abh/erf/ef/ia/pc-jvb/eg/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos