Trump promete restaurar ordem e culpa Obama por 'divisão racial'

Cleveland, Estados Unidos, 22 Jul 2016 (AFP) - O indicado republicano à Casa Branca, Donald Trump, pediu os votos dos americanos, prometendo, nesta quinta-feira (21), restaurar "a lei e a ordem" em um país abalado por tiroteios e ataques.

"Nessa corrida para a Casa Branca, eu sou o candidato da lei e da ordem", afirmou, acusando o presidente Barack Obama de promover a desunião racial nos EUA.

"A retórica irresponsável do nosso presidente, que usou o púlpito da presidência para nos dividir por raça e cor, tornou a América um ambiente mais perigoso para todo mundo", denunciou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos