Anistia Internacional diz que há "provas concretas" de tortura na Turquia

Londres, 24 Jul 2016 (AFP) - O grupo de defesa dos direitos humanos Anistia Internacional (AI) afirmou neste domingo que há provas concretas de abusos e de uso de tortura na Turquia contra pessoas detidas depois da tentativa de golpe de Estado.

Algumas das pessoas estão sofrendo "espancamentos e torturas, incluindo estupros, em centro oficiais e não oficiais em todo o país", afirma, em um comunicado, a organização com sede em Londres.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos