Atentado do Estado Islâmico deixa 15 mortos em baixo xiita em Bagdá

Bagdá, 24 Jul 2016 (AFP) - Um atentado suicida reivindicado pelo grupo extremista sunita Estado Islâmico (EI) em um bairro xiita de Bagdá matou neste domingo 15 pessoas.

O ataque, que aconteceu em um posto de controle do bairro de Kadhimiya, norte da capital iraquiana, também deixou 29 feridos.

O grupo Estado Islâmico reivindicou o ataque em um comunicado, afirmando que seu objetivo eram os soldados do exército iraquiano e membros das unidades paramilitares pró-governamentais.

Os jihadistas costumam cometer atentados contra os membros da comunidade xiita do país, majoritária, a quem consideram hereges.

Em 3 de julho, um camicase acabou com a vida de 292 pessoas em um bairro comercial de Karrada, em Bagdá, enquanto que um ataque contra um santuário xiita de Balad, norte da capital, deixou 40 mortos dias depois.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos