Ao menos doze mortos em atentado reivindicado pelo EI em Bagdá

Baquba, Iraque, 25 Jul 2016 (AFP) - Um atentado suicida com carro-bomba reivindicado pelo grupo Estado Islâmico (EI) perto de um posto de controle no norte de Bagdá, a capital iraquiana, deixou doze mortos, indicaram funcionários da segurança e da saúde.

O ataque, que também deixou 37 feridos, foi realizado na entrada da cidade de Khales, segundo o porta-voz da polícia da província de Diyala, o coronel Ghalib al-Attiyah, e o do departamento de saúde, Faris al-Azzawi.

Segundo Attiyah, vários carros esperavam no posto de controle e muitos pegaram fogo após a explosão.

Em um comunicado, o grupo extremista sunita Estado Islâmico reivindicou o ataque e declarou que ele foi realizado por um cidadão iraquiano.

Na véspera, 15 pessoas morreram em um ataque suicida reivindicado pelo EI em um bairro xiita de Bagdá.

No dia 3 de julho, foi lançado um dos atentados mais sangrentos já cometidos no Iraque, com um saldo de 292 mortos e 200 feridos em um bairro comercial do centro da capital.

O EI conquistou amplas zonas do Iraque após uma ofensiva que começou em junho de 2014. Mas desde então as tropas governamentais retomaram terreno, com o apoio aéreo da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos e de combatentes de tribos e milícias locais.

str-sf/wd/nbz/hj/str/iw/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos