Israelense é estuprada por dois homens em cidade do norte da Índia

Em Shimla (Índia)

Uma israelense de 25 anos foi estuprada por dois homens em Manali, uma cidade turística nas montanhas do norte do país, no Estado de Himachal Pradesh, disse nesta segunda-feira (25) um responsável da polícia local.

A mulher disse ter sido agredida na madrugada de domingo depois de ter chamado um carro que acreditava ser um táxi, disse o superintendente da polícia Padam Chand.

"No carro havia seis homens e disse ter sido estuprada por dois deles", que depois fugiram, acrescentou.

A mulher ia se encontrar com outros amigos que haviam ido para a cidade vizinha de Keylong.

A polícia está analisando as imagens das câmeras de segurança de Manali, para onde se dirigem muitos turistas indianos e estrangeiros, para identificar os suspeitos.

A mulher foi hospitalizada depois de se dirigir à delegacia na manhã de domingo após o ataque, ocorrido às 3h, horário local.

"Foi transferida a um hospital maior na cidade de Mandi para exames mais detalhados", disse por telefone Gandhi Ram, outro responsável da polícia de Manali.

A Índia reforçou sua legislação contra as agressões sexuais após o estupro coletivo de uma estudante em dezembro de 2012 em Nova Déli, que morreu pouco depois, um caso que comoveu o país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos