Coreia do Norte diz que decisão sobre teste nuclear depende dos EUA

Vientiane, 26 Jul 2016 (AFP) - O ministro de Relações Exteriores da Coreia do Norte disse nesta terça-feira que qualquer decisão sobre a realização de um teste nuclear depende dos Estados Unidos.

"Se nós fazemos testes nucleares adicionais é por causa dos Estados Unidos", afirmou Ri Yong-Ho aos repórteres após uma reunião da Associação das Nações do Sudeste Asiático (Asean), no Laos.

Seus comentários foram feitos algumas horas depois dos feitos pelo secretário de Estado americano, John Kerry, que estava participando do mesmo fórum em Vientiane, capital do Laos, e alertou sobre as "reais consequências" de Pyongyang se continuar levando à frente os testes nucleares e com mísseis.

"Juntos, estamos determinados - todos os que estamos reunidos aqui, talvez com uma exceção - a fazer com que a Coreia do Norte entenda claramente que estas ações têm consequências reais", declarou Kerry à imprensa.

"É essencial para o mundo e para todos os países aplicar completamente as sanções que foram decididas e temos a intenção de fazer isso", acrescentou, referindo-se às sanções internacionais adotadas contra a Coreia do Norte por seu programa nuclear e de mísseis.

Além disso, Kerry acusou a Coreia do Norte de ter um "comportamento provocador e profundamente preocupante" e considerou que é uma "grave ameaça, não apenas para esta região, mas também para a paz e a segurança internacionais".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos