Dois novos detidos em conexão com atentado de Nice

Paris, 26 Jul 2016 (AFP) - A polícia francesa prendeu dois homens em conexão com o atentado de Nice de 14 de julho, no qual 84 pessoas morreram, informou uma fonte próxima à investigação.

Estes dois homens "foram colocados em prisão preventiva enquanto os investigadores tentam determinar se o tunisiano Mohamed Lahouaiej Bouhlel contou com apoio logístico" para cometer o atentado, disse esta fonte.

Mohamed Lahouaiej Bouhlel, de 31 anos, avançou com um caminhão de 19 toneladas contra centenas de pessoas que acompanhavam um espetáculo de fogos de artifício na noite de 14 de julho, dia da festa nacional francesa, deixando 84 mortos e mais de 350 feridos.

Quatro homens e uma mulher foram indiciados na quinta-feira de cumplicidade de assassinato em relação a um grupo terrorista.

O procurador François Molins afirmou que o criminoso "contou com apoio e cúmplices" para cometer o ataque, que foi planejado "com vários meses de antecedência".

O massacre foi reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos