Forças líbias expulsam jihadistas de bairro de Benghazi

Bengasi, Líbia, 28 Jul 2016 (AFP) - As forças das autoridades líbias não reconhecidas internacionalmente expulsaram jihadistas de um bairro de Benghazi, a segunda principal cidade da Líbia, após três dias de combates que deixaram seis mortos do seu lado, informou uma fonte militar.

"Assumimos o controle total de Al-Gawarcha na quarta-feira e vamos reforçar nossa posição no bairro", declarou nesta quinta à AFP Khalifa al-Obeidi, chefe do centro de imprensa do comando geral do Exército Nacional Líbio (ANL).

"Perseguimos no momento os terroristas, que se retiraram para um instituto de surdos-mudos a um quilômetro ao leste (...) de Al-Gawarcha", revelou Al-Obeidi.

"Sabemos que há comandantes (do grupo jihadista) no interior do instituto".

As tropas sob o comando do polêmico general Khalifa Haftar, chefe proclamado do ANL, expulsaram de Al-Gawarcha forças do grupo jihadista líbio Ansar al-Sharia e de outras organizações ligadas ao Estado Islâmico (EI).

Desde a queda do regime de Muammar Kadhafi, em 2011, a Líbia sofre com conflitos de milícias armadas e é minada por lutas pelo poder e atos de violência que favoreceram a ascensão dos extremistas do EI.

str-rb/lr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos