Maternidade apoiada pela Save the Children é bombardeada na Síria

Beirute, 29 Jul 2016 (AFP) - Uma maternidade mantida pela Save the Children foi bombardeada na província síria de Idleb (nordeste), informou a ONG em seu Twitter, que fala de vítimas.

O Observatório Sírios dos Direitos Humanos (OSDH), por sua vez, informou que um hospital na localidade de Kafar Takharim, na mesma província, havia sido bombardeado nesta sexta e que não estava mais operacional.

Segundo a Save the Children, o hospital atendia cerca de mil pessoas.

O OSDH não disse se os bombardeios foram realizados por aviões do regime ou pelos do aliado russo.

Vários hospitais e clínicas em zonas rebeldes da Síria sofreram bombardeios aéreos do regime, em particular nas províncias de Idleb e Aleppo (norte).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos