PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Iêmen: salafistas explodem mesquita do século XVI

31/07/2016 16h39

Áden, Iêmen, 31 Jul 2016 (AFP) - Islamitas sunitas radicais do Iêmen explodiram uma mesquita do século XVI, a qual abrigava o mausoléu de um teólogo sufista venerado em Taez, no sudoeste do país - informou uma autoridade local neste domingo (31).

Sob o comando do líder salafista conhecido como Abu al-Abbas, homens armados detonaram a mesquita do xeque Abdel Hadi al-Soudi na noite de sexta-feira.

A Comissão iemenita para Antiguidades e Museus condenou o ataque ao local, o mais conhecido em Taez, terceira maior cidade do país. Segundo essa comissão, o domo branco dessa mesquita era "um dos maiores do Iêmen e um dos mais belos locais religiosos na velha Taez".

Alguns grupos islamitas radicais consideram o sufismo, um braço místico do Islã que venera santos, como uma heresia.

Desde o ano passado, os rebeldes xiitas huthis, que lutam contra as forças do governo do presidente iemenita, Abd Rabbo Mansour, cercam setores da cidade de Taez, de 70.000 habitantes.

Internacional