Índia ajudará milhares de trabalhadores indianos 'famintos' no Golfo

Nova Délhi, 31 Jul 2016 (AFP) - A Índia estudava, neste domingo, enviar alimentos aos mais de 10.000 empregados indianos "famintos" no Golfo Pérsico, onde estão bloqueados após terem perdido seu trabalho e prestes a sofrer uma "crise alimentar", informou a ministra indiana das Relações Exteriores.

Dois ministros viajarão à Arábia Saudita e ao Kuwait para abordar o problema com as autoridades locais, escreveu no Twitter a ministra indiana das Relações Exteriores, Sushma Swaraj.

"Um grande número de indianos perdeu seu trabalho na Arábia Saudita e no Kuwait. As empresas não pagaram seus salários e fecharam as fábricas. Consequentemente, nossos irmãos e irmãs na Arábia Saudita e no Kuwait enfrentam adversidades extremas. Contudo, a situação pode ser controlada no Kuwait, na Arábia Saudita é muito pior", informou Shushma.

"O número de trabalhadores indianos que pode sofrer uma crise alimentar é superior a 10.000", alertou.

Estes trabalhadores indianos fazem parte dos milhões de asiáticos que trabalham nos Estados do Golfo onde, segundo as ONGs, muitos são explorados e sofrem abusos, como não receber remuneração por seu trabalho.

Os trabalhadores indianos estão "famintos" nos acampamentos e não têm possibilidade de voltar para suas casas, informaram neste domingo meios de comunicação indianos.

Cerca de três milhões de indianos vivem e trabalham na Arábia Saudita, segundo o Ministério das Relações Exteriores.

abh/tha/ds/bfi/ia/es/pr

TWITTER

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos