Balão de acidente no Texas teria atingido linha de alta tensão

Lockhart River, Austrália, 1 Ago 2016 (AFP) - O balão que pegou fogo e caiu no sábado no Texas, uma tragédia que matou 16 pessoas, provavelmente bateu em uma linha de alta tensão, afirmou o coordenador da investigação.

"Há indícios materiais que demonstram que o balão, ou uma parte do balão, bateu na rede elétrica", disse Robert Sumwalt, da Agência Federal de Segurança nos Transportes (NTSB).

A imprensa local e os moradores da área da tragédia afirmaram que o balão poderia ter tocada uma linha de energia elétrica de alta tensão, que atravessa campos próximos à cidade de Lockhart, 50 km ao sul de Austin, capital do Texas.

"O delegado Dan Law e o Departamento de Segurança Pública do Texas confirmam que 16 pessoas morreram no incidente com o balão no condado de Caldwell", anunciou a polícia.

"A identificação das vítimas será um processo longo, segundo a NTSB e os serviços médicos", destacou a administração do condado.

Este foi o acidente mais grave com um balão na história dos Estados Unidos.

A NTSB dirige a investigação, que conta com a participação da Agência Federal de Aviação (FAA) e da Polícia Federal (FBI).

A NTSB enviou no sábado uma equipe de especialistas técnicos de Washington para o lugar do acidente, onde eles primeiro irão examinar a região a pé e observar "três elementos: o humano, a máquina e o meio ambiente", explicou Sumwalt.

O clima não parece ter sido um problema, já que as temperaturas estavam moderadas e o vento estava fraco.

A NTSB pediu aos moradores que apresentem qualquer vídeo feito durante a tragédia.

Os investigadores também buscam pistas do acidente em 14 aparelhos - telefones câmeras e um iPad - encontrados no local da catástrofe, segundo o jornal Austin American-Statesman.

O canal CNN e meios de comunicação do Texas informaram que o piloto do balão, que também morreu na tragédia, se chamava Alfred "Skip" Nichols e era proprietário da empresa Heart of Texas Hot Air Balloon Rides.

bbk-acb/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos