Trump cria nova polêmica ao brincar sobre condecoração militar

Ashburn, Estados Unidos, 2 Ago 2016 (AFP) - O candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, desencadeou uma nova polêmica nesta terça-feira ao agradecer uma valiosa condecoração Coração Púrpura que recebeu de presente de um ex-combatente.

O magnata afirmou que sempre quis ter uma condecoração desse tipo, mas que "era mais fácil consegui-la dessa maneira".

Essas palavras, ditas por alguém que jamais serviu nas Forças Armadas americanas, provocaram inúmeras críticas. Ainda mais que foram pronunciadas dias depois de um bate-boca entre o magnata e os pais de um soldado muçulmano que morreu em combate no Iraque, em 2004.

Khizr Khan, pai do capitão Humayun Khan, falou na quinta-feira passada, durante a Convenção Democrata, que Trump não havia feito qualquer sacrifício por seu país, um testemunho que emocionou os Estados Unidos.

Em um comício de campanha em Ashburn (Virgínia), o candidato republicano explicou que o ex-combatente, tenente-coronel Louis Dorfman, o havia presenteado com seu Coração Púrpura, uma distinção que recompensa os soldados feridos em combate.

Trump disse que perguntou ao militar se a medalha era mesmo "verdadeira ou uma cópia". Segundo o veterano, era um autêntico Coração Púrpura.

"É muito mais fácil ganhar dessa forma", comentou Trump, ou seja, recebendo de presente do que combatendo para merecê-la.

Dorfman - que recebeu a medalha depois de ter sido ferido no Iraque em 2007, estava no comício, mas não discursou.

A candidata democrata Hillary Clinton reagiu rapidamente aos comentários do oponente.

"E quem faz isso é um homem que diz ter se sacrificado por nosso país", tuitou.

O jornal The New York Times informou na segunda-feira que Donald Trump se beneficiou de várias prorrogações na hora de se incorporar às fileiras durante a Guerra do Vietnã: quatro vezes por causa de seus estudos e uma por um problema no pé. Nuca chegou a alistar-se.

As palavras dirigidas por Trump aos pais de Humayun Khan provocaram revolta na opinião pública, inclusive nas fileiras republicanas e entre os veteranos de guerra, que classificaram seu comportamento de "repugnante" e ofensivo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos