Anúncio do exército israelense vendendo jumentos revolta palestinos

Al Maleh, Territoires palestiniens, 3 Ago 2016 (AFP) - O anuncio de "Vende-se 40 jumentos", publicado na imprensa palestina pelo exército israelense causou revolta nos Territórios Ocupados, uma vez que os soldados hebreus são acusados de terem confiscado os animais dos agricultores da Cisjordânia.

As autoridades israelense alegam que é costume recolher os animais soltos por uma questão de segurança pública.

Mas, segundo os palestinos, o objetivo da medida é outro: as apreensões de animais e destruição de moradias visam a obrigar que os agricultores abandonem o Vale do Jordão, uma região estratégica em temos de terras agrícolas e reservas de água.

Segundo o Conselho dos Povoados de Al Maleh, que agrupa 26 aldeias do Vale do Jordão, os donos dos animais não os reivindicam porque o exército exige o pagamento de multas de cerca de 470 euros por jumento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos