Youssef Chahed é nomeado para formar governo de união na Tunísia

Tunes, 3 Ago 2016 (AFP) - O presidente tunisiano Beji Caid Essebsi instruiu nesta quarta-feira o ministro dos Assuntos Internos no governo demissionário, Youssef Chahed, de 40 anos, a formar um gabinete de unidade nacional.

"Eu encontrei hoje o presidente, que me pediu para formar o governo de unidade nacional", declarou Chahed à imprensa no palácio presidencial de Cartago.

"Hoje, estamos entrando em uma nova fase que exigirá esforço, sacrifício, coragem, audácia, abnegação e soluções saídas de uma estrutura clássica", acrescentou, afirmando que suas prioridades são o combate ao terrorismo e à corrupção.

Youssef Chahed, que tem 30 dias para formar uma nova equipe nos termos da Constituição, disse que as consultas vão começar ainda nesta quarta-feira.

"Vai ser um governo político, um governo de competências, de jovens", continuou ele, prometendo que as mulheres "serão melhor representadas".

A nomeação de Chahed ocorre depois que o Parlamento retirou no sábado sua confiança ao chefe de governo Habib Essid, apenas 18 meses após a sua nomeação.

O presidente Essebsi havia aprovado em 2 de junho um governo de unidade nacional frente as críticas contra o gabinete de Essid, acusado de ineficiência enquanto a Tunísia atravessa um período sensível, com uma economia em crise e ataques extremistas.

Desde a menção do nome de Chahed nos últimos dias, alguns saudaram a sua juventude (fará 41 anos em setembro). Mas outros criticaram a promoção de um membro do governo que está de saída, ao mesmo tempo que denunciam o parentesco por casamento com Caid Essebsi.

kl-iba/vl/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos