Incêndio florestal causado por alemão que defecava mata uma pessoa na Espanha

Santa Cruz de la Palma, Espanha, 4 Ago 2016 (AFP) - Um agente florestal morreu quando lutava contra um incêndio na ilha espanhola de La Palma, arquipélago das Canárias, aparentemente causado por um alemão ao queimar o papel higiênico com o qual se limpou, informaram nesta quinta-feira as autoridades.

O funcionário ambiental do Cabildo de La Palma, de 54 anos, morreu quando participava dos trabalhos de extinção do fogo, confirmou nesta quinta-feira a associação espanhola de trabalhadores das brigadas contra incêndios florestais Atbrif em suas redes sociais.

Setecentas pessoas foram evacuadas preventivamente de zonas próximas ao incêndio, que já queimava mil hectares na montanha do Jedey, indicou à AFP uma porta-voz dos serviços de emergência 112 das Canárias, arquipélago situado em frente à costa noroeste da África.

Quase 200 pessoas lutavam contra as chamas, que também eram combatidas com seis helicópteros e um hidroavião, acrescentou a porta-voz.

O suposto causador das chamas, um alemão de 27 anos cujo nome não foi divulgado, foi detido na tarde de quarta-feira perto do local onde o fogo começou, indicou um porta-voz da Guarda Civil nas Canárias.

O detido "comunicou aos agentes que o incêndio foi produzido de forma acidental quando estava defecando (...) e ateou fogo no papel higiênico utilizado", informou um comunicado da Guarda Civil.

O alemão, acusado de incêndio florestal por negligência, foi preso e será colocado a disposição das autoridades judiciais, anunciou o corpo de segurança.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos